Argentina: agricultura deve impulsionar PIB

13/12/2016

Desde a posse do presidente da Argentina, Mauricio Macri, há um ano, suas políticas pró-mercado não conseguiram alavancar a economia do país, já que a produção industrial permanece estagnada e o desemprego continua alto. Entretanto, a história é diferente no setor agrícola. Os fazendeiros argentinos, que foram prejudicados por uma década pelo controle de preços locais e altos impostos sobre as exportações, estão plantando em um ritmo recorde neste ano com a suspensão desses obstáculos.

A agricultura pode levar a um crescimento do PIB argentino de 3,5% em 2017, um avanço significativo ante a estimativa de recuo para o indicador de 2,5% neste ano, disse o economista chefe da consultoria Orlando J Ferreres & Associates em Buenos Aires, Fausto Spotorno. "Os fazendeiros estão se tornando um motor de reviravolta econômica", disse.

Os antecessores de Macri, Cristina Kirchner e, antes dela, Néstor Kirchner, elevaram impostos para ajudar a financiar programas populares de combate à pobreza e pagar por cerca de 300 mil novos funcionários federais, de acordo com o Centro de Implementação de Políticas Públicas (Cippec), organização independente e sem fins lucrativos que analisa e promove políticas públicas no país. Mesmo com os altos preços das commodities agrícolas, os impostos acabaram desencorajando os agricultores.

A única exceção foi a soja que, apesar da taxa de 35%, continuou atrativa por causa da demanda chinesa. Macri eliminou a maioria dos impostos e todos os controles de preço. De acordo Ricardo Negri, funcionário do Ministério da Agricultura da Argentina, cerca de 60% da população mundial vai alcançar o patamar de classe média em 2030 e, com isso, consumir mais alimentos. "Queremos estar bem posicionados para exportar mais", disse Negri.

Entretanto, especialistas disseram que há riscos para o governo de Macri. Com a aproximação das eleições para o parlamento, o presidente argentino precisa conseguir alavancar a economia em breve, caso contrário pode perder boa parte de sua base.

Autor: POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Revista Globo Rural

URL: http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Politica-e-negocios/noticia/2016/12/globo-rural-com-fim-de-barreiras-agricultura-deve-impulsionar-pib-da-argentina-em-35.html

TOPO