Brasil voltará a dominar o mercado mundial de açúcar em 2020, diz Rabobank

27/07/2020

Após perder participação no mercado internacional de açúcar nos últimos anos em meio à expansão das exportações da Tailândia, o Brasil deve reassumir a liderança das exportações mundiais de açúcar em 2020, segundo previsão do Rabobank. “Para 2020 o Brasil realmente vai voltar para a posição de dominância desse mercado, aumentando a sua participação em 10%”, apontou Andy Duff, especialista global de açúcar do banco, durante evento online sobre as perspectivas do setor. A instituição financeira estima que o Brasil responderá por 44% das exportações globais de açúcar este ano.

O ganho de participação de mercado, explica Duff, é consequência da seca que atingiu a Tailândia. As más condições climáticas derrubaram em 40% a produção do país, com impactos que devem perdurar durante o próximo ciclo de produção. Com isso, o Rabobank espera que a participação da Tailândia no mercado mundial de açúcar caia de 14,1% em 2019 para 7,2% este ano. “Os tailandeses cresceram bastante nos últimos anos e tinham planos ambiciosos para uma expansão da produção para até 20 milhões de toneladas ante um teto de 15 milhões atingidos atualmente e terão que frear esse projeto”, aponta o analista.

Segundo Duff, o cenário gera preocupação por parte dos países importadores de açúcar, já que a maior dependência mundial pela produção brasileira expõe a oferta mundial a maiores riscos climáticos e logísticos. “Será uma fatia grande das exportações totais, então se qualquer coisa der errado aqui no Brasil terá reflexos globais. Por isso as preocupações tão grandes do mercado com a logística e os impactos da Covid-19 no país”, explica o especialista global de açúcar do Rabobank.

 

Autor: CLEYTON VILARINO

Fonte: Revista Globo Rural

URL: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/Cana/noticia/2020/07/brasil-voltara-dominar-o-mercado-mundial-de-acucar-em-2020-diz-rabobank.html

TOPO